Máquina de costura Singer: conheça a história da marca!


maquina-de-costura-singer

De nada adianta ter o método mais fácil do mundo para costurar se você não conta com outros dois itens essenciais: dedicação e uma boa máquina de costura. Sim, o equipamento precisa ter todas as qualidades para você confeccionar melhor e fazer peças lindas com absoluto acabamento. A ferramenta essencial de qualquer costureira, portanto, nos dias atuais, contam com muita tecnologia e variadas marcas esperam por você no mercado. Hoje, especialmente, falaremos de uma empresa que tem tradição e que faz parte de milhares de ateliês pelo país: a máquina de costura Singer. Conheça a sua história!

A história da máquina de costura Singer

A história da máquina de costura Singer, começa lá em 1851, quando o americano Isaac Singer criou um equipamento no qual seria possível unir e modelar os mais variados tipos de tecidos. A máquina não era nem um pouco parecida com os modelos compactos que conhecemos hoje, muito pelo contrário, o modelo era grande e ainda bem pouco prático. Porém, a invenção era boa e não demorou muito para que a Singer Corporation fosse formada e rendesse bons frutos.

maquina-de-constura-singer

Sete anos depois, em 1958, a Singer veio para o Brasil tendo seu primeiro ponto de venda situada no Rio De Janeiro. Para reformular o mercado nacional, D. Pedro II chegou a viajar para a Filadélfia para ter mais máquinas de costura Singer no país.  Já consolidada no mercado e com autorização da monarquia para funcionar, a empresa Singer ganhou o público. Você sabia que foi a Singer que instituiu o sistema de venda a prazo? (em pequenas parcelinhas você adquiria sua máquina)

Ganhando cada vez mais espaço, a máquina de costura Singer era um presente-curinga de casamento e também passou a ser fonte de renda de muitas mulheres. Logo, a prática ganhou gosto e não teve jeito, além do Rio de janeiro a marca começou a se multiplicar pelo país todo. Muitas filiais e representantes de vendas cuidavam dos negócios e faziam a marca Singer alcançar o sucesso e confiança de mercado.

maquinas-de-csotura-singer

Sem mais depender de importação de equipamentos, em 1950, a máquina de costura Singer já era fabricada dentro do país, em Campina, São Paulo. A fábrica foi a primeira de toda América do Sul e, logo, outros paises da America Latina compravam os produtos Singer da indústria brasileira. Desde então, novas tecnologias e inovações fazem da marca Singer uma das mais conhecidas e tradicionais do mercado.  Hoje, alem de máquinas de costura a Singer produz agulhas e também óleo de manutenção de equipamentos.

maquina-singer

Se você quer conhecer os pontos de venda e obter mais informações sobre a máquina de costura Singer, visite o site da empresa, o blog e também veja o vídeo abaixo que mostra qual é a melhor maneira de escolher o seu equipamento da marca.

Fazer moldes de roupas com o Corte de Ouro e contar com uma máquina de costura Singer fica bem mais fácil, né? Acompanhe nosso blog que, em breve, falaremos de outras marcas bem interessantes e que você pode ter em sua casa!

Imagens do site singer.com.br

8 comentários sobre “Máquina de costura Singer: conheça a história da marca!

  1. Eu “herdei” a singer da minha sogra, que è falecida, e nao tenho nem a ficha técnica, nem alguma inscriçao na propria maquina que possa identificar o modelo!
    Alguém pode me dar uma dica??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>